Categorias: Passeios

Passeios com crianças autistas em São Paulo: dicas de locais que fazem valer seus direitos

Dicas de passeios com crianças autistas em São Paulo! Elas são e devem ser bem recebidas onde estiverem e essa matéria tem como objetivo ajudar famílias a vivenciarem as melhores experiências ao lado dos pequenos. É importante você saber que existe a Lei Federal 12.764 de 27/12/2012, que determinou que a pessoa com transtorno do espectro autista é considerada pessoa com deficiência para todos os efeitos legais.

A importância dos passeios

Criança precisa ser feliz, brincar, ter contato com outras crianças e explorar o mundo. Os passeios oferecem uma ótima oportunidade para fortalecer vínculos e criar memórias para a vida toda. Por isso, é importante saber onde a lei é respeitada e as crianças com TEA (Transtorno do Espectro do Autismos) são bem acolhidas. O respeito é fundamental! Não podemos esquecer que as crianças com TEA  e seus acompanhantes não precisam esperar em filas como a lei determina. Por isso, antes de julgarmos precisamos entender qual é a realidade daquelas pessoas que aparentemente estão “furando fila” porque nem todo espectro é visível.

O blog Autismo Legal (Leia Aqui) faz um trabalho incrível e você precisa conhecer. Neste artigo (Aqui) a Dra Carla Bertin explica os direitos dos autistas e vale muito a leitura e consulta. Tem informações sobre transporte, viagem, saúde e educação.

Essa matéria será atualizada sempre que descobrimos locais que acolhem e oferecem condições especiais.

Novidade em SP

Está prevista para agosto de 2024 a inauguração do primeiro Centro Municipal para pessoas com TEA (Transtorno do Espectro Autista) do país. Estima-se que atualmente haja 2 milhões de pessoas com TEA no Brasil, sendo que 150 mil estão na cidade de São Paulo,  segundo Silvia Grecco, secretária municipal da Pessoa com Deficiência.

Não ter espaços para socialização e que incentive a autonomia de pessoas autistas, o que inclui crianças adolescentes e adultos, é motivo de grande preocupaçao. Por esse motivo, ter um local como esse é fundamental e um exemplo a ser seguido.  O projeto é idealizado pela Prefeitura de São Paulo tem valor estimado de R$ 40 milhões e está em fase final de licitação.

Saiba mais informaçoes aqui

Dicas de passeios com crianças autistas em São Paulo

Fazendinha Pet Zoo, em Cotia 

A fazendinha Pet Zoo  garante muita diversão para bebês, crianças e adultos. Sem dúvida é a meLhor fazendinha de São Paulo e está localizada em Cotia, local perfeito para um bate e volta. PCD’s, o que inclui autistas, não pagam ingresso e um acompanhante paga meia. As outras pessoas compram ingressos com nosso desconto exclusivo.
Saiba mais sobre o local

Animália Park

O parque possui acessibilidade para locomoção e para famílias com crianças autistas tem guia sensorial e prioridade na fila. Autistas e um acompanhante pagam 50% do valor do ingresso. É necessária a comprovação do direito ao benefício da meia entrada no acesso ao Animália Park.
Saiba mais sobre o local

Parque Fazenda Mãe Terra, em Cotia

Além de muito espaço verde para correr e brincar com monitores especializados e treinados para cuidar e orientar as crianças, o Parque Fazenda Mãe Terra tem muitas atrações como fazendinha, tirolesa, teatro, playground, casinha de bonecas, entre outros. Crianças com Transtorno do Espectro Autista pagam pagam o ingresso de R$ 60,00 e têm 50% de desconto do valor do ingresso (R$ 30,00) no ato do fechamento da comanda de consumação, diretamente no Parque Fazenda Mãe Terra. Não é necessário compra antecipada ou reserva. As outras pessoas compram ingressos com nosso desconto exclusivo.
Saiba mais sobre o local

Zoo Foz, no Morumbi

A Zoo Foz é uma organização sem fins lucrativos. Atua nas áreas de Educação Ambiental e Terapia Assistida por Animais com equipe formada por profissionais e voluntários. Eles levam os animais para as instituições para atendimento auxiliar no tratamento de crianças e jovens com Transtorno do Espectro Autista, e atualmente atendem em torno de 400 pessoas/mês gratuitamente. Crianças autistas, PCD e acompanhante ganham 50% de desconto comprando direto no local. As outras pessoas compram ingressos com nosso desconto exclusivo.
Saiba mais sobre o local

Parque Della Vittoria, em Cotia

A criança autista não paga ingresso e tem monitores que oferecem atendimento especial. As outras pessoas compram ingressos com nosso desconto exclusivo.
Saiba mais sobre o local

Cidade do Livro, na zona norte

A livraria temática está prepara para receber crianças autistas. Não cobra o ingresso da criança e o acompanhante paga metade do valor do ingresso. É necessário apresentar laudo médico. Importante explicar que o local abre em datas específicas para as famílias visitarem.
Saiba mais sobre o local

Cidade das Abelhas, em Embu das Artes

A Cidade das Abelhas oferece muita diversão e aprendizado. O passeio não tem acompanhamento de um profissional do local, porém a criança autista não paga para entrar. As outras pessoas compram ingressos com nosso desconto exclusivo.
Saiba mais sobre o local aqui

Action Park, na zona sul de São Paulo

PCD, autista e acompanhantes tem 50% de desconto, sendo R$35 para uma hora e R$60 para duas horas de brincadeiras. Já o adulto acompanhante paga R$35 para uma hora e R$45 para duas horas de diversao.
Saiba mais sobre o local aqui

Expresso Turístico da CPTM (Luz – Paranapiacaba, Mogi das Cruzes e Jundiaí)

Pessoas com transtorno do espectro autista e, quando necessário, acompanhante, pagam meia-entrada.
Saiba mais sobre o local

Circo Moscou (itinerante)

O circo não cobra o ingresso da criança autista e o acompanhante paga apenas 50% do valor. Além disso, todos têm um lugar especial nas cadeiras centrais. É necessário apresentar laudo médico. Importante dizer que o som do local é alto. As outras pessoas compram ingressos com nosso desconto exclusivo.
Saiba mais sobre o local

Hello Park, no Shopping SP Market

Deficientes e um acompanhante, mediante apresentação de documento que comprove a condição, tem direito à meia entrada. As outras pessoas compram ingressos com nosso desconto exclusivo.
Saiba mais sobre o local

Cidade da Criança, em São Bernardo do Campo

A Camila Oliveira, nossa seguidora, foi ao parque em julho e teve uma ótima experiência. As crianças autistas não pagam ingresso, assim como seu acompanhante, e também não precisam pagar estacionamento (localizado em frente ao parque). Ambos recebem uma pulseira azul e um passaporte especial logo na entrada. Não precisam aguardar na fila em nenhuma das atrações do parque. Os profissionais são muito atenciosos e preparados para esse atendimento.
Saiba mais sobre o local

Roda Rico, Parque Villa-Lobos

A roda-gigante de São Paulo chamada de Roda Rico está localizada o parque Parque Cândido Portinari, ao lado do Parque Villa-Lobos, zona oeste da capital. Ela está abrigada em uma área de 4,5 mil metros quadrados. Pessoas com deficiência, além da meia-entrada, contam com atendimento prioritário, cabine e elevador exclusivos para melhor aproveitamento do passeio. Ao chegar na Roda Rico, basta se identificar para um dos atendentes, para assim ser o encaminhado ao atendimento prioritário. As outras pessoas compram ingressos com nosso desconto exclusivo.
Saiba mais sobre o local

Casa de Chocolate, em Valinhos

O acampamento de férias, que abre em algumas datas especiais para receber as famílias, não cobra ingressos das crianças autistas e nem do acompanhante. É necessário apresentar laudo médico. Importante explicar que o local abre em datas específicas para as famílias visitarem. As outras pessoas compram ingressos com nosso desconto exclusivo.
Saiba mais sobre o local

Parque da Mônica, no Shopping SP Market

O parque é referência entre aa as famílias. A criança autista não paga, tem fila preferencial e os acompanhantes têm desconto no ingresso. Eles também registram no mapa de acessibilidade todos que estão com ela para não separar o grupo. As outras pessoas compram ingressos com nosso desconto exclusivo.
Saiba mais sobre o local

Zoo São Paulo, na zona sul

Crianças autistas têm gratuidade na entrada e o acompanhante paga 50% do valor do ingresso. As outras pessoas compram ingressos com nosso desconto exclusivo.
Saiba mais sobre o local 

Aquário de São Paulo, na zona sul

O deficiente físico não paga. Acompanhante do Deficiente paga 50% do valor do ingresso de adulto, se comprovada a necessidade. Do contrário paga o valor integral.
Saiba mais sobre o local

Altitude Park, em várias regioes e no interior de Sao Paulo

No parque, que tem nove unidades em Sao Paulo, PCDs pagam 50% do valor do ingresso e o acompanhante é gratuito. Nas unidades Barra Funda e Tucuruvi tem elevador e nas demais entrada plana ou com rampa. Até o dia 7 de abril, na unidade Barra Funda, crianças e adultos autistas tem entrada gratuita. As outras pessoas compram ingressos com nosso desconto exclusivo.
Saiba mais aqui

Hopi Hari, em Vinhedo

Um dos principais parques de diversões  do Brasil oferece gratuidade para crianças autistas e seu acompanhante paga meia entrada.
Saiba mais sobre o local

ZooParque Itatiba

É o maior zoológico particular do país, onde os animais vivem soltos em recintos que reproduzem seu habitat, está localizado em Itatiba-SP. PcD/autistas tem entrada gratuita, assim como um acompanhante. Saiba mais sobre o local

Morumbi Park

Crianças autistas têm 50% desconto no ingresso. Além disso, acompanhantes não brincantes tem direito a cortesia, mas se quiser brincar também tem direito ao desconto de 50%. Saiba mais sobre o local

Acqualinda, em Andradina

O parque aquático na cidade de Andradina, no interior de São Paulo, é o primeiro do Brasil totalmente preparado para receber crianças autistas.
Saiba mais sobre o local

Circo Patati Patatá, na zona leste

Todo primeiro domingo do mes, às 14h30, acontece a Sessão Inclusiva do Patati Patatá Circo Show, com intérprete de Libras, som e iluminação adaptados e com liberdade para entrar e sair sempre que necessário. Tudo preparado com ainda mais carinho e atenção para que todos possam aproveitar o show com o máximo de conforto. As outras pessoas compram ingressos com nosso desconto exclusivo.
Saiba mais sobre o local

Museu da Imaginação, na zona oeste

Ingresso por R$ 40,00 e seu acompanhante maior de 18 anos pagam R$ 35,00. Válido para crianças de 02 a 17 anos, mediante a apresentação do documento comprobatório. As outras pessoas compram ingressos com nosso desconto exclusivo.
Saiba mais sobre o local

Espaço Itaquerinha do Shopping Metrô Itaquera, na zona leste

Localizado na zona leste da capital paulista, o shopping vem tornando a sua programação mais inclusiva. Uma das açoes é a “Hora do Silêncio” em todos os eventos. O que significa reduzir os estímulos sonoros e visuais para uma melhor experiência para as crianças com TEA.

Espaço Aconchego do Golden Square, no ABC

Um espaço para que todos possam se sentir em casa. O Espaço Aconchego, localizado no Espaço Família, no Piso L3 (próximo ao Subway), é um verdadeiro refúgio para crianças, adolescentes, adultos com TEA e permite que elas consigam se acalmar nestes momentos em que as emoções estão à flor da pele. Tem adesivos nas paredes para lembrar o céu, balanço, brinquedos interativos, abafadores de ruídos e assentos. Ainda é possível colocar uma música relaxante através do som bluetooth e regular a intensidade da iluminação. O shopping também oferece crachás identificadores para visitantes com TEA, garantindo atendimento prioritário.
Saiba mais aqui

Dicas de passeios com crianças autistas: informaçoes adicionais

Vale contar ainda que alguns shoppings já começaram a disponibilizar vagas no estacionamento específicas para autistas, porém as vagas de PCD também podem ser utilizadas por essas famílias.

Importante sempre ter o laudo ou carteirinha oficial em mãos e a cópia do laudo que conste o CID referente ao autismo. Em Sao Paulo já emitem a carteirinha do autista.

Dicas de passeios com crianças autistas em São Paulo: o que é o laudo do autismo?

O laudo é um papel concedido à família após o diagnóstico do autismo.

Dicas de passeios com crianças autistas em São Paulo: como fazer a carteirinha do autista

A Carteira de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista (CIPTEA) é um documento digital que facilita a identificação e a prioridade no atendimento em serviços públicos e privados, em especial nas áreas de saúde, educação e assistência social. No caso dos particulares, isso inclui supermercados, bancos, farmácias, bares, restaurantes e lojas em geral. Leia aqui no blog do Autismo Legal como fazer.

Publicidade

Família no Parque