Categorias: Experiências, viagem

Experiência Beto Carrero World: um parque que você precisa conhecer com as crianças

E lá vamos nós embarcando para realizar mais um sonho: ter finalmente a experiência Beto Carrero World, localizado na cidade de Penha em Santa Catarina. Os feedbacks do parque sempre foram incríveis, mas foi chegando lá que tivemos a ideia do quanto o local é surpreendente.

São mais de cem atrações para todas as idades e preferências. A montanha-russa FireWhip (Chicote de Fogo), para os mais corajosos, vai a quase 100km/h e dá cinco loopings. Com altura equivalente a um prédio de 30 andares, a Big Tower do Beto Carrero World é uma das maiores torres de queda do mundo. Para as crianças tem uma área da Lilica Ripilica e Tigor é muita diversão com  elefantes voadores, carrosséis e com as fotos junto com os personagens de animações famosas como Shrek, Kung Fu Panda e Madagascar. O Zoo, lar de 700 animais, também faz sucesso entre os  pequenos. Por lá, girafas, camelos, leões e aves de várias espécies raras são observados de perto.

Vivenciamos dois dias mágicos por lá e já adianto que para conseguir aproveitar melhor o parque você precisa programar no mínimo dois dias de visita (se for nas férias recomendo três dias, principalmente se estiver com criança pequena). São muitas atrações para serem aproveitadas em uma única visita.

O fast pass, que te dá acesso preferencial nas principais atrações do parque, e o acesso garantido, uma pulseira mágica que garante sua entrada preferencial também é assentos especiais nos shows mesmo que você chegue atrasado, fazem toda a diferença. Sei que é o valor é alto (você vai gastar em média para 2 adultos e 1 criança por volta de R$ 600,00), mas vale muito a pena pela comodidade e tranquilidade.

Com o fast pass conseguimos ir em todos os brinquedos para a altura da Juju (1,20m) em 1 dia e meio e a metade do segundo dia deixamos para ela repetir os que mais gostou. Importante dizer que fomos em setembro.

Já a experiência da Tatê foi diferente, conforme ela conta abaixo.

Primeiro dia:

Com o acesso garantido, optamos por fazer as fofos com os personagens, todos os shows e encaixar as atrações que conseguíssemos. Foi perfeito! Claro que o fato de irmos no final de maio contribuiu porque o parque estava mais vazio, porém é um grande alívio conseguir fazer tudo com tranquilidade por saber que nos shows teríamos ótimos lugares garantidos.

O que conseguimos fazer?

Todas as fotos com personagens

Todos os shows: difícil dizer qual gostamos mais. O Hot Wheels é adrenalina pura, o do Madagascar é encantador, o Acqua é de atirar o fôlego com os números circenses e o Sonho de Cowboy é muito bem produzido e emocionante. Eu recomendo que não perca nenhum!

Almoço no Excalibur (pago à parte): vá para vivenciar  uma experiência única. A comida é PF (Prato Feito) e ok, mas fazer parte da batalha que o evento propõe é muito bacana. Como o show é uma “batalha medieval”, hámomentos de luta e sangue. Lulu amou, mas uma seguidora relatou que o filho de 5 anos ficou com medo.

Visita ao zoológico: é muito divertido com as girafas, leões, elefantes, pássaros, macacos, urso, berçário (as crianças podem dar comida para alguns bichinhos) e muito mais. Se conseguir não deixe para o final do do porque os animais  já estão cansados, entram na jaula e você não consegue ver.

Visita às baias para ver os cavalos que participam dos shows: não pode tocá-los, por há risco de mordida, mas as crianças adoram. E dá para ver como os animais são bem tratados.

Passeio de trem: vale muito a pena. As crianças se divertem e você ainda consegue descansar os pés. 🙂

Segundo dia

Chegamos com muita chuva, colocamos a capa e fomos um pouco chateados, confesso, mas não tinha o que fazer. Nem terminou a manhã e o dia já estava lindo e aproveitamos demais o parque, principalmente porque ele estava ainda mais vazio do que no primeiro dia.m e tínhamos o fast pass.

O que conseguimos fazer?

Brincamos em todas as atrações que queríamos, principalmente as infantis. Lulu, com 1,10cm de altura, aproveitou muito.

Ficou de fora apenas o almoço no restaurante do Hotwheels que queríamos, mas não tinha mais vaga. Por isso a dica é chegar cedo, pegar o mapa e correr para o restaurante para garantir ligar principalmente na mesas de fora que te dão uma experiência única na hora do show!

Nossa impressão

O parque é impecável. Limpo, organizado, com profissionais educados, mas principalmente muito divertido. Há uma Praça de Alimentação com várias opções de restaurantes e no meio dele um Carrossel Veneziano em que adultos podem subir junto. Vale ir com tempo para aproveitar a atração. Também há outras opções espalhados pelo parque.

Assim como qualquer lugar turístico as coisas são mais caras, mas nada tão abusivo (na minha opinião).

Minha única observação é ter mais placas no parque indicando a direção das atrações, mesmo com o mapa eu acabei ficando perdida no primeiro dia. Mas confesso que esse pode ser um problema só meu. 

Dicas de mãe:

Baixe o app do Beto Carrero antes de ir para os horários das atrações e se organizar melhor. Além de conseguir monitorar as filas e acessar o mapa completo da parque.

Chegue cedo para aproveitar melhor o parque. É bem provável que você ficará até o final no primeiro dia se seguir minha dica de assistir aos shows, já que o “Sonho de Cowboy” é a última atração.

Assim que chegar pegue o mapa para se localizar e se não tiver baixado o app pergunte na recepção os horários das fotos com os personagens para não perder nada. Há placas nos locais onde as sessões de fotos acontecem, mas se programando antes você consegue aproveitar melhor o passeio.

Se quiser almoçar no restaurante do Hot Wheels ele deve ser seu ponto focal assim que chegar no parque para reservar sua vaga. Se conseguir, opte pelas mesas de fora no horário do show porque você terabytes uma visão privilegiada do show e os carros chegam pertinho. 

Eles têm carrinho de bebê para alugar. Se a criança for muito pequena ou não gostar de andar recomendo o aluguel. O parque é  adaptado para receber os carrinhos e você não ficará tão cansado.

Os pais de bebês podem ficar tranquilos que há estrutura para recebê-los. O Baby Care conta com fraldário, microondas e lounge.

Leve capa de chuva, boné e protetor solar para toda a família. Sem dúvida assim conseguirão aproveitar melhor o passeio

Vá com roupa e tênis confortáveis e leve roupa extra para as crianças. Há brinquedos que molham e no final do dia pode dar uma esfriada nos meses de outono e inverno, por isso ter um agasalho na mochila é fundamental. Aliás, a melhor opção lata transportar tudo sem dúvida é a mochila.

Há filas especiais, muitas vezes com entrada diferenciada, para quem adquirir fast pass e acesso garantido. Atente-se a isso!

Há funcionários do parque que medem as crianças após você passar as catracas. É ótimo porque assim evita você ficar em fila desnecessária.

Os bichos de pelúcia e outros produtos licenciados são caros, por isso vale negociar antes com a criançada para evitar stress.

Dá para aproveitar o parque em dias de chuva, principalmente se optar por aproveitar os shows. As fotos com personagens também acontecem em locais alternativos para não atrapalhar a diversão.

Compre ingressos no site do Beto Carrero. É mais barato do que comprar na bilheteria. É arriscado, sim! Mas vale a economia. Mas se resolver comprar na bilheteria o Km de Vantagens do Posto Ipiranga tem desconto.

E tem uma dica incrível que você precisa saber: se alguém da sua família faz aniversário no dia em que você for ao parque, ela entra de graça. Mas a promoção só vale  na data exata do aniversário, hein!

Onde ficar:

Nós já ficamos em dois locais diferentes, na primeira experiência nossa parada foi no Fazzenda Park Hotel (clique aqui para saber mais). Já na segunda nos hospedamos na Casa da Flôr.

São duas experiências completamente diferentes, pois o Fazzenda Park é um hotel com mais de 2 milhões de metros quadrados onde você conta com atividades de lazer para todas as idades, em qualquer estação do ano. Ele fica a 58km do Beto Carrero World (+/- 1 hora).

Já a Casa da Flôr é uma pequena pousada a 1 quarteirão da praia e a 1 km do parque (+/- 8 minutos). Apesar de não ter tudo o que um hotel oferece em relação a entretenimento, a casa é uma delícia e a proprietária nos acolheu como se estivéssemos na casa de um parente. O pacote inclui um café da manhã bem gostoso e caseiro e nossa dica é conversar com a Teresa e pegar mais dicas sobre o parque, pois ela conhece perfeitamente.

Confira abaixo outros passeios que fizemos na região:

Serviço Passeios Kids:

Endereço: Rua Inácio Francisco de Souza, 1597, na Praia da Armação, na cidade de Penha –  litoral norte de Santa Catarina.

Dias e horários de abertura: são muito variados, por isso a dica é consultar a agenda de abertura no próprio site do parque.

Publicidade