Categorias: Notícias

Vacinação de adolescentes de 12 a 17 anos deve iniciar a partir de agosto em SP

O governo SP anunciou que a vacinação de adolescentes de 12 a 17 anos deve começar a partir de 23 de agosto. Além disso, deve antecipar o cronograma de vacinação de adultos contra a Covid-19. Com isso, a data final para imunização de adultos em São Paulo mudou de 15 de setembro para 20 de agosto.

O anúncio foi feito pelo governador João Doria durante coletiva de imprensa realizada no início da tarde deste domingo (11/07).

A antecipação do calendário acontece quase um mês após a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Avisa) aprovar o uso da vacina Pfizer para a imunização de jovens entre 12 a 17 anos. Esse é o único imunizante autorizado para menores de 18 anos no Brasil.

Vacinação de adolescentes: com essa atualização o calendário fica assim:

Entre 5 a 8 de agosto: adultos entre 25 a 29 anos

Entre 13 até 20 de agosto: jovens entre 18 a 24 anos

Entre 23 até 5 de setembro: adolescentes de 12 a 17 anos, com deficiência, comorbidades e gestantes

Entre 6 a 19 de setembro: jovens na faixa de 15 a 17 anos

Entre 20 a 30 de setembro: adolescentes com 12 a 14 anos

Vale lembrar que esta é a quarta antecipação de calendário de vacinação  desde o dia 2 de junho. Inicialmente a previsão para o término de vacinação era para dezembro, agora o governo acredita que a imunização deve se encerrar em 30 de setembro.

Vacinação de adolescentes: antecipação

A antecipação é fruto da aquisição de doses extras da Covonavac junto à Sinovac. Atualmente, 2,6 milhões das doses estão em um centro que fará a distribuição das doses aos municípios. “Vamos receber 1,3 milhão de doses até 30 de julho”, explicou João Doria.

Enquanto adultos podem receber as vacinas AstraZeneca, CoronaVac, Pfizer e Jannsen, adolescentes só podem ser imunizados com a Pfizer/BioNTech por enquanto. Esse antígeno recebeu autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a partir de estudos conduzidos em outros países com essa faixa etária. Atualmente, 9,2% das vacinas aplicadas são deste fabricante.

Publicidade

Acampamento de férias