Tegra – Caminhos da Lapa
destaque
26/03/2018
Eu e minha família vivemos uma nova experiência: o nosso primeiro acampamento!

Eu e minha família vivemos uma nova experiência: o nosso primeiro acampamento!

Área da cidade: Cidades próximas de São Paulo

Acampei pela primeira vez mesmo depois de dizer inúmeras vezes que nunca passaria por essa experiência. E que EXPERIÊNCIA!

A convite do Voador, eu, Dan e Lulu embarcamos para a segunda edição do Festival Voa Voador, um acampamento de um dia e meio na cidade de Atibaia, em São Paulo.

 

Um dia antes caiu uma tempestade em São Paulo e estava chovendo na região. Mesmo com o risco de acampar com chuva resolvemos ir. Ainda bem! Porque tivemos dias de céu azul e calor e noite estrelada e fria.

Como o Voador está situado em uma reserva ambiental, o carro fica estacionado em um condomínio, já que por ser uma área de preservação ambiental o número de veículos que circulam pelo local é controlado. Para o trajeto até o Voador uma van nos aguardava oferecendo todo o conforto possível.

Chegamos! E aí?

Ao chegarmos nos deparamos com um lago lindo, árvores, flores, artistas circenses e algumas famílias circulando pelo local. Eu suspirei e pensei: vai dar tudo certo!

A partir daí aprendi varias lições de acampamento, sendo a primeira delas: não levar muita bagagem. O ideal no caso do Festival Voa Voador é levar mochila, pois facilita o transporte.

Lá fomos nós conhecer a nossa “nova casinha”, como a Lu gosta de dizer. Uma barraca, em meio a tantas outras, com 3 colchões, travesseiro, manta e um bilhete de boas vindas (muito fofo 💜).

Em um primeiro momento me preocupei com o tamanho das barraca, nós três e a bagagem, todos dividindo o mesmo espaço. Mas eles montaram barracas de apoio onde podíamos guardar nossos pertences e nos trocarmos.

Exploração

Devidamente instalados, fomos explorar o local. Um balanço de madeira me encantou ao ver a criançada se divertindo a valer.

Bem pertinho da área de camping estava um grande galpão para as refeições, ao lado de um parquinho bem estruturado, galinhas, patos e cachorros circulando, os vestiários e os banheiros… QUÍMICOS. Aí está uma coisa que me incomoda muito. Ter um banheiro limpo só para mim e minha família é a minha principal exigência em todas as viagens e agora havia me deparado com aquela situação.

Os banheiros químicos

Sei que em outros acampamentos a situação é diferente. O Voador ainda está se estruturando e há planos de que em alguma das edições de 2018, provável que a última, haja uma estrutura melhor de banheiros e chuveiros como acontece em outros acampamentos.

Pelo menos os banheiros montados pelo Voador eram cheirosos e limpos. Mas para minha sorte no galpão havia um banheiro “de verdade” e passei a frequentá-lo. Ele se manteve limpo e bem cuidado até o final do acampamento, graças a uma equipe sempre sorridente e solícita para nos ajudar.

Alimentação

Uma grata surpresa do meu primeiro acampamento. O café da manhã parecia de hotel 5 estrelas com uma variedade de opções desde frutas até pães frescos, manteiga Aviação (muitos entenderão!), geleia caseira, suco, café, etc.

No jantar foram servidos sopas e milho verde, o que combinou muito com o clima frio que já havia chegado.

E para completar uma fogueira, pessoas em volta dela e marshmalow para alegria das crianças. Para mim, que nunca havia vivenciado essa experiência, foi mágico.

Mas não terminou! Durante todo o dia havia petiscos, frutas, biscoitos, bolos e sucos deliciosos e frescos. Delícia!

Vale destacar que a comida é orgânica e vegetariana, um convite aos visitantes para despertar para hábitos mais saudáveis e que nós adoramos!

Atividades

Adoramos e curtimos cada uma delas, que procuram estimular a criatividade, o lúdico, os sentidos e o paladar. Lulu andou de “jangada”, dançou aos som de grupos musicais que passaram por lá, participou da trilha e da oficina de móbiles da linda e querida Bia Rodrigues e até plantou uma árvore!

Houve ainda a inauguração do Viveiro Escola, projeto socioambiental que busca restaurar e enriquecer áreas do Monumento Natural da Pedra Grande (unidade de conservação onde o Voador está localizado) por meio do plantio de mudas nativas e manejo de eucaliptos.

Todos da organização estão de parabéns porque não ficamos entediados em nenhum momento e conseguimos ter momentos em família inesquecíveis.

E o melhor sem celular! SIM. Fiquei todo esse tempo sem checar WhatsApp, verificar as curtidas e os comentários das redes sociais. Só não o deixei de lado porque precisava registrar os momentos para vocês. E não é que foi libertador!

PS: por lá tem Wi-Fi, mas me permiti esse tempo de descanso para curtir de fato a minha família e amigos.

Se eu voltaria?

Sim! Essa experiência foi única e libertadora, apesar de alguns perrengues como a tosse da Lulu à noite. Dica: fogueira e sereno não combinam! Por isso, todo cuidado é pouco.

Vale muito a pena se programar para conhecer o Voador, que tem planos O(ainda não confirmados) de voltar em 2018 com três edições: abril, julho e dezembro. Não é necessário ter barraca, no pacote estão inclusos a alimentação, as atividades e a própria barraca. Mas se tiver a sua e preferir levá-la, eles têm um espaço para que você monte seu espaço.

Você pode optar por apenas passar o dia no Festival ou se hospedar e vivenciar a programação completa, como nós fizemos.

Aprendizados e dicas para curtir o Festival Voa Voador:

– Leve pouca bagagem. Dê preferência para as mochilas.

– Mesmo no verão, levar roupa de frio e cobertor é essencial. À noite costuma esfriar e o sereno deixa a barraca molhada e fria.

– Para as crianças o menos não é mais. Elas se sujam e se molham, por isso pense sempre em ter roupas extras para cada dia.

– Não esqueça os remédios principais para qualquer emergência, assim como band-aid.

– Se você nunca acampou e não sabe se vale a pena, recomendo a experiência. Só procure um local que te ofereça o mínimo de estrutura para você e sua família aproveitarem.

– Esqueça o celular por alguns momentos. Só o use para registrar as imagens dessa aventura. Dedique um tempo com sua família, brinque e se jogue para ter lembranças inesquecíveis.

Informações adicionais sobre o Voador:

Local: Atibaia

Site: www.voador.net.br

E-mail: voavoador@voador.net.br

Telefone/Whatsapp: (11) 98713 0220

Redes Sociais: @VoadorBrasil no Facebook e Instagram.

 

Eu e minha família vivemos uma nova experiência: o nosso primeiro acampamento!
Avalie este post
Tegra – Caminhos da Lapa

Leia também

Faça este blog ser ainda melhor, escreva seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine nossa newsletter!

Faça sua festa com a Anima Brasil

Tags