Categorias: Ao Ar Livre, Camping, viagem

Já pensou em acampar com as crianças? Vejam os primeiros passos para começar esta aventura

Quer começar a acampar? Vamos às dicas.

Para quem não tem barraca eu sugiro três opções:

  • alugar uma (descobrimos que existe empresas como a @queroacampar);
  • pegar emprestada;
  • ir ao @voadorbrasil (um camping que já oferece a barraca montada).

Isso porque antes de você comprar a primeira barraca seria interessante ter a experiência.

Locais para acampar:

Existem campings pelo mundo inteiro, grupos e blogs de campistas que dão dicas dos melhores locais. Eu conheço alguns campings, são eles:

  • Camping Paineiras, em Itu;
  • Camping das Pedras em Itu;
  • Camping Pedra do Sino, em Ilhabela;
  • Voador, em Atibaia.

 

Campings indicados por seguidores:

  • Chapéu do Sol, em Itu;
  • Casarão, em Itu;
  • Itamambuca Eco Resort, em Ubatuba;
  • Verdeperto, São Luiz do Paraitinga;
  • Lyrimar, em Joanapolis.

 

O que precisa levar para acampar?

Absolutamente tudo o que você irá precisar para passar alguns dias (lençol, travesseiros, cobertas …). Além disso sugiro que leve bancos/cadeiras, varal, bolsa térmica/cooler, lanterna, iluminação para barraca (usamos uma lâmpada comum com extensão), colchões (de preferência os infláveis, porque ocupam menos espaço no porta-malas) e um bom martelo (de preferência o de borracha) para armar a barraca.

Caso queira fazer as refeições na barraca você precisará de utensílios de camping e fogão (em lojas como a decathlon você encontra tudo). Eu sempre levo repelente e inseticida também.

 

Acampar tem seus pontos positivos e outros negativos.

É difícil acampar com crianças e manter a barraca limpa, por exemplo. Além disso, para quem gosta de luxo, acampar pode ser um passeio difícil.

Os banheiros dos campings obviamente são comunitários, o que para muitas pessoas também pode incomodar.
Mas eu garanto que serão dias de muita conexão familiar, longe de eletrônicos e de contato direto com a natureza.
Acampar é acordar com os cantos dos pássaros e dormir ouvindo grilos. É contar histórias à noite e fazer amizade com outras famílias campistas.

E o principal, acampar é mostrar às crianças que a vida pode ser simples e incrível.

 

Por Cá Zanellatto

Publicidade